Patchwork – Dicas para começar

Sabe aquele velho hábito das costureiras antigas de fazer colcha de retalhos? Pois é, a técnica hoje em dia tem um nome mais pomposo e ganhou também status de artesanato chique.

Com novas técnicas de aplicação e com muita variedade, o patchwork é um lindo trabalho de arte em tecido, e que já esteve presente até em grandes passarelas de moda, como no caso da marca Burberry, que levou a técnica artesanal para suas criações desse ano e também a revista Vogue, que inclui o patchwork entre os “trends” do outono do ano passado.

O nome vem da língua inglesa, e é resultado da junção de dois substantivos: “patch” que significa pedaço ou retalho; e “work” que significa trabalho. Nos Estados Unidos é comum chamar o trabalho de “pieced work” também; algo como “trabalho com pedacinhos (de tecido)”.

patchwork

Não é possível saber com que exatidão a sociedade criou a técnica, mas existem indícios de que os egípcios já uniam tecidos diferentes há mais de cinco mil anos. Hoje em dia, o patchwork coreano é um dos mais respeitados no mundo, seguido pelo trabalho de patchwork americano, que também faz muito sucesso por sua inovação.

Como fazer patchwork?

Você deve estar se perguntando se é difícil ou complicado demais fazer patchwork é a resposta é não! Com alguma paciência no início, você aprende as técnicas e começa a aplicá-las, treinando primeiro em peças pequenas e depois se arriscando em peças maiores.

A melhor parte é que você não precisa investir muito dinheiro em matéria prima, já que os tecidos podem ser conseguidos na sua própria casa: roupas que você não utiliza mais, antigas cortinas e toalhas de mesa, por exemplo, ao invés de serem jogadas fora, podem virar fonte para seu trabalho.

Se você já é costureira, vai encontrar mais facilidade em cortar os tecidos e fazer suas criações; se você não trabalha com isso, mas deseja começar, saiba que precisará de algumas ferramentas para te ajudarem no processo:Patchwork-1

– um cortador circular.

– base para corte.

– réguas para patchwork.

– tecidos de estampas variadas.

– lápis, linhas, tesouras e alfinetes.

– máquina de costura e ferro de passar para finalização.

Com o material em mãos (que é fácil de se encontrado em grandes lojas como o Wal Mart e a Kalunga, por exemplo), utilize tutoriais online para fazer sua primeira peça passo a passo.

É preciso medir os pedacinhos de tecido que você vai utilizar com bastante calma e concentração para ficarem na medida ideal e a peça não ficar torta. A medição dos retalhos é essencial antes da costura final dos quadradinhos.

Utilize a internet a seu favor e busque exemplos online de peças, além de sites especializados em patchwork, que podem lhe dar boas ideias e também te ajudar a produzir seus patchworks. E a boa notícia é que muitas pessoas tem se beneficiado desse tipo de trabalho e ganhado uma renda extra, apenas trabalhando em casa!

Patchwork

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *