Como anda sua ingestão de ovos de helmintos e cistos de protozoários?

É isso mesmo! Você tem cuidado do alimento que você ingere? Na onda da alimentação saudável, orgânica e vegetariana alguns cuidados adicionais são necessários.

Todos sabemos que a ingestão de alimentos frescos é muito saudável, especialmente das verduras e frutas que consumidos in natura, ou seja, na mesma forma em que são colhidos. A questão é que nem sempre lembramos que através destes mesmos alimentos saudáveis podemos contrair algumas doenças. Calma, isso não é motivo para parar de consumi-los. Quando compramos nossos vegetais, eles já passaram pelas mãos de muitas pessoas e por locais diferentes. Durante este tempo podem estar se desenvolvendo sobre eles ovos e cistos de parasitos. Estes ovos e cistos podem causar problemas, de maior ou menor gravidade, dependendo da saúde de quem os contrai e do parasita que é contraído. Os ovos de helmintos e os cistos de protozoários são etapas do ciclo de vida dos parasitas, ela tem a função de permitir que os parasitas contaminem outros hospedeiros, por exemplo o protozoário Giardia lamblia desenvolvem cistos no seu ciclo de vida e estes cistos são responsáveis pela contaminação de outras pessoas, já as lombrigas (Ascaris lumbricoides) produzem ovos que ao serem ingeridos por uma outra pessoa irão começar uma nova infecção.

Vamos a alguns exemplos. As folhas ingeridas cruas como as da alface, da rúcula, do agrião, entre outras são veículos importantes para a transmissão de ovos de helmintos e cistos de protozoários. Por que? Ora, estas são folhas difíceis de lavar e além disso, os ovos de helmintos e cistos de protozoários possuem maneiras de se manter firmemente presos à superfície das folhas e das cascas de frutas. Então, como podemos resolver isso?

A melhor maneira é remover todos os cistos de protozoários e ovos de helmintos através de uma ação mecânica, como estes ovos e cistos são microscópicos, além de passarmos algo sobre toda a superfície das folhas de alface precisamos ter certeza que todas as partes das folhas e os seus dois lados foram limpos, fácil não? É concordo, não é não, principalmente se a alface for daquele tipo em que as folhas são cheias de recorte, além disso, a folha é tão delicada que basta tocá-la para que ela se desfaça. Tudo bem, para este tipo de alface talvez este método nãos seja o mais indicado. Entretanto ele é útil para a maioria dos alimentos, particularmente as frutas, que possuem a casca mais resistente ao atrito.

Você já ouviu falar que o uso de hipoclorito de sódio, a famosa água sanitária, é indicada para se livrar de ovos de helmintos e cistos de protozoários. Porém não basta colocar o alimento na água sanitária., é preciso lavar os alimentos antes de coloca-los na solução de água sanitária (1 colher de sopa por litro de água).

Lavar em água corrente antes ajuda a reduzir a quantidade de ovos de helmintos e cistos de protozoários que estão na superfície do seu alimento, aumentando assim a eficiência do tratamento com a solução de água sanitária. Depois que o alimento ficou na água sanitária por 20 a 30 minutos ele estará pronto para ser consumido. Não é necessário lavar novamente! Isso mesmo, se o odor de água sanitária estiver forte, deixe o alimento descansando um pouco em uma travessa, que o hipoclorito, que é um gás, irá volatizar e o cheiro vai desaparecer.

É importante lembrar que lavar o alimento depois de passar pela água sanitária pode recontaminar o alimento, pois, se a água que você está usando estiver contaminada você estará colocando novos parasitos no seu alimento. As folhas e frutas que você tratou só devem ser lavadas novamente se tiver certeza da qualidade da água. Como você pode testar isto rapidamente? Respondendo a pergunta: Você bebe água da torneira ou compra água engarrafada?

Bem, este é outro assunto que podemos conversar em outro momento. Após o tratamento com a água sanitária os ovos de helmintos e cistos de protozoários que eventualmente ainda estejam sobre o alimento já não farão mal a você. A água sanitária deve tê-los danificado o suficiente para o ácido do seu estômago destruí-los. Isto mesmo, seu corpo é capaz de destruir ovos de helmintos e cistos de protozoários, mas só se eles estiverem fragilizados, então seu estômago será a primeira barreira protetora, além de ser importante na digestão, o ácido do estômago (ácido clorídrico) também funciona como uma barreira química. Como naturalmente os ovos de helmintos e cistos de protozoários estão preparados para isto, então se eles foram danificados, pela água sanitária por exemplo, o nosso estômago destruirá os ovos de helmintos e cistos de protozoários que eventualmente estejam nas folhas e nas frutas que você precisa ingerir todos os dias.

Você ouviu falar que vinagre é bom para isto também? Pois é, vinagre é bom para temperar a salada, mas não para higienizar alimentos. Seria preciso muito ácido acético, que é o principal componente do vinagre, para dar algum resultado. Talvez dizer aqui que o ácido acético em grande quantidade iria destruir os vegetais. E acho que isto não deixaria a salada tão boa assim.

E quanto as frutas? Devem se tradadas da mesma maneira? Ora você acha que, por exemplo, a maça vai direto da macieira para o seu carrinho de compras? Claro que não, não é mesmo? Antes disto como já falei, a maça passará por mãos diferentes, cairá no chão, será colocada em uma caixa, depois em outra e por aí vai. Neste caminho ela pode ser contaminada com ovos de helmintos e cistos de protozoários. Então nunca é demais fazer a higiene de seu alimento!

Se você costuma preparar seu alimento, ótimo, você saberá como a alface foi lavada, como a maça foi lavada e cortada, mas se você precisa comer fora de casa e não pode levar seu almoço, o que fazer para evitar a contaminação com os ovos de helmintos e cistos de protozoários? Simples, coma em locais onde você conhece a higiene da cozinha. Ah! Você não conhece a cozinha do seu restaurante preferido? Bem então, talvez seja hora de conhecê-la. É um direito seu! Continue se alimentando bem e lembre-se somos o que comemos, então cuidado com o que você come.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *